VISÃO DE BEBÊ EVOLUI APÓS O NASCIMENTO

O desenvolvimento  humano  acontece de forma contínua da concepção a vida adulta. A visão também se desenvolve com o tempo. O recém-nascido enxerga desde o momento que abre os olhos pela primeira vez, porém enxerga um borrão, pois os olhos, as vias que levam as informações e o local do cérebro responsável pela visão, ainda estão imaturos, necessitando de tempo e estímulo para se desenvolverem de forma adequada. Assim, se o recém-nascido  ainda  não consegue absorver todas as informações que estão ao seu redor, por volta dos  8 meses o bebê começa a ver com maior semelhança ao adulto e desenvolvendo a visão de forma progressiva.

Em uma linha cronológica simplificada, o recém-nascido consegue distinguir a luz, movimentos e cores fortes, com pouca nitidez, o alcance de sua visão varia de 20 a 30 centímetros, o que é suficiente para gravar o rosto de sua mãe ao longo dos momentos de amamentação.

Com dois ou três meses já consegue seguir objetos com os seus olhos, especialmente se estiverem próximos a ele. Aos quatro meses começa a percepção se algo está perto ou longe, assim os braços costumam chacoalhar bastante em direção a diferentes objetos. Dos cinco meses em diante o bebê já enxerga objetos cada vez mais de longe.

O desenvolvimento visual do bebê é completamente natural, progressivo, seguindo uma lógica e tempo, mas os pais podem estimular a visão do bebê aproximando objetos coloridos na frente do rosto da criança e os movimentando bem devagar a fim de que ela vá acompanhando com os olhos.

Com o passar do tempo, pode-se aumentar a velocidade desse trajeto, a distância, tamanho ou cor do objeto, a fim de verificar se o bebê continua a acompanhar com o olhar.

Livros coloridos também são interessantes para que a sua estimulação visual não pare. A princípio, mostre o livrinho para ele e com o tempo o deixe manejar sozinho. Aqueles plastificados para a hora do banho são ótimos, pois neste momento os bebês costumam relaxar e conseguem aproveitar bastante.

Nos dias de hoje muitas famílias deixam os bebês expostos a telas e isso não faz bem para a saúde dos olhos. Celular e tablets não devem chegar perto das crianças menores de 2 anos, por isso tenha muito cuidado!

Ao nascer, a realização do Teste do Olhinho é capaz de diagnosticar diversas doenças oculares. É importante uma avaliação oftalmológica anual para diagnosticar e corrigir possíveis alterações visuais, lembrando que, além de dores de cabeça, baixa visão, há crianças que apresentam problemas de comportamentos que são causados pelas doenças da visão e os pais, muitas vezes, não identificam ou associam estas adversidades a outras alterações não relacionadas aos olhos.

Espero ter ajudado!

Abraço,

Marcelo Creppe

Médico oftalmologista

CRM 82218-SP / RQE 41042 / CBO 104.343

× WhatsApp