Alimentação equilibrada é essencial para visão

A visão é um sentido muito importante, que nos permite acesso a informações sobre sentido, direção, profundidade, conteúdo informacional, entre outras funções. Por isso devemos tentar protegê-la sempre.
Para uma visão saudável, é necessária uma vida com bons hábitos, entre os quais encontram-se os alimentares.
A alimentação adequada é o alicerce de nossa saúde como um todo, tanto que existem muitos riscos à visão envolvendo a má alimentação.
Como exemplo podemos citar três elementos que compõem uma má alimentação e podem fazer mal à visão: o excesso de açúcar e carboidratos, que podem estar associados ao diabetes (uma das grandes causas de cegueira no mundo); e as bebidas com álcool, que em uso exagerado e repetido podem causar sérios danos à visão. Também podemos citar as verduras mal lavadas e carnes mal cozidas ou cruas, que podem transmitir toxoplasmose.
Uma dieta saudável e variada é geralmente suficiente para repor os nutrientes necessários para uma boa visão.
Um nutriente essencial é a vitamina A, cuja deficiência afeta o nosso fornecimento de um pigmento chamado rodopsina, essencial para ver com pouca luz e à noite. Outro é a luteína, elemento antioxidante que se encontra em uma camada da retina.
A vitamina A pode ser suprida por meio da ingestão de frutas, legumes, gema de ovos. Existem alguns casos específicos em que a suplementação pode ser necessária. Cabe ao seu oftalmologista prescrever caso a caso a suplementação. O mesmo refere-se à luteína.
De um modo geral podemos recomendar alguns alimentos benéficos à visão. São eles:
Cenouras, couves, espinafres e legumes verdes (vitamina A e luteína).
Fígado (vitamina A) e óleo de fígado de bacalhau.
Acelgas, abobrinha e couves de Bruxelas (luteína)
Batatas doces e manteiga (vitamina A)
A gema do ovo é rica em luteína e zeaxantina, outro nutriente importante aos olhos.
Em resumo, podemos afirmar que como uma boa nutrição e uma boa dieta você ainda consegue ajudar os seus olhos naturalmente e por si mesmo. Como sempre, fale com o seu oftalmologista.

Abraços,
Marcelo Creppe

Oftalmologista
CRM 82218-SP / RQE 41042 / CBO 104.343

Related Posts

Deixe uma resposta