Cigarro aumenta risco de doenças oculares

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é a primeira causa de morte no mundo e o tabagismo passivo é a terceira causa de morte evitável no mundo. Outro dado alarmante: crianças expostas ao tabagismo apresentam maior risco de desenvolver mais doenças que as não expostas, preocupante, né?

Grande parte do fumo, que possui em torno de 4.500 substâncias tóxicas, se liberta durante a combustão do cigarro e se espalha pelo ambiente, dando origem ao fumo de tabaco ambiental ou fumo passivo.

Você sabe o que é fumante passivo? Este é constituído pelo fumo que é liberado diretamente pelo cigarro durante a sua combustão e pelo fumo que, depois de inalado, é exalado pelo fumante, ou seja, o fumante passivo é aquele que não sendo fumante por vontade própria é obrigado a respirar pela via atmosférica o ar que contém o fumo do tabaco, também pela gravidez e pelo aleitamento materno. Há cerca de dois bilhões de fumantes passivos, dos quais 700 milhões são crianças.

Em números, o cigarro é responsável por 5 milhões de mortes anuais, sendo 3,5 milhões nos países em desenvolvimento e 1,5 milhões em países desenvolvidos. Leva a óbito um em cada 10 adultos.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Brasil tem prejuízo anual de R$ 56,9 bilhões com o tabagismo. Desse total, R$ 39,4 bilhões são gastos com despesas médicas e R$ 17,5 bilhões com custos indiretos ligados à perda de produtividade, causada por incapacitação de trabalhadores ou morte prematura.

A arrecadação de impostos com a venda de cigarros no país é de R$ 12,9 bilhões, o que gera saldo negativo de R$ 44 bilhões por ano, revela o estudo Tabagismo no Brasil: Morte, Doença e Política de Preços e Esforços, feito com base em dados de 2015.

O consumo de cigarros vir diminuindo 1% anualmente em países industrializados e aumentando em países em desenvolvimento. De qualquer forma, em ambos os casos o tabagismo está crescendo de forma preocupante entre crianças e adolescentes.

 

Impacto sobre os olhos

No caso da saúde ocular, a fumaça do cigarro causa efeitos imediatos, como irritação dos olhos e, ao inalar o fumo de um cigarro, as substâncias tóxicas chegam, através dos pulmões, à corrente sanguínea. Assim, o sangue transporte estas substâncias tóxicas por todos os órgãos do corpo, incluindo os olhos.

O cigarro aumenta a adesão e agregação plaquetária, ou seja, o sangue fica mais “grosso” e isto pode desencadear prejuízo na oxigenação dos tecidos, o infarte pode ocorrer no coração, no cérebro (AVC) e também nos olhos. O infarto na retina é grave e geralmente leva à perda da visão.

 

Quem fuma tem mais catarata, cujo tratamento é realizado com cirurgia.

Fumantes têm risco de duas a três vezes maior em comparação com quem não fuma de desenvolver a degeneração macular relacionada à idade (DMRI) que se constitui, hoje, na principal causa de cegueira legal no mundo ocidental, em faixas etárias superiores a 50 anos e os tabagistas apresentam pior evolução com o dobro de chances de ficar cegos ao sofrerem esta doença retiniana.

A maior propensão à DMRI acontece porque o cigarro acelera a oxidação do organismo e favorece a formação de acúmulos de substâncias nas camadas mais profundas da macula retiniana.

Fumar não afeta apenas a parte interna do globo ocular, como também impacta sobre o aspeto exterior. Assim, os olhos sempre irritados e vermelhos, bem como se observa o escurecimento da pele das pálpebras. Estas são duas consequências de fumar muito comuns.

O cigarro também piora quadros de síndrome do olho seco e alergias oculares.

Quando a pessoa para de fumar, os riscos de sofrer esses malefícios vão gradativamente diminuindo. Melhor do que ganhar na loteria é parar de fumar. Pense nisso por você e pelas pessoas que convivem com você, lembre-se que em todo maço de cigarros vem o alerta da potente droga que você está consumindo. Pare enquanto ainda é tempo, procure ajuda profissional se for necessário, mas lute e vença!!!!

Abraço a todos!

Marcelo Creppe

 

Marcelo Creppe – Oftalmologista

CRM 82218-SP / RQE 41042 / CBO 104.343

Deixe uma resposta