Exames

Auto tonômetro – Aparelho que mede a pressão intraocular sem a necessidade de se aplicar colírios anestésicos e sem contato com a córnea.

Biometria  É o exame que mede o comprimento axial do olho. É de grande importância na avaliação pré-cirúrgica de catarata, pois fornece o cálculo da lente intraocular que será implantada no lugar da mesma. Também utilizado para determinar se o grau de óculos é devido ao grande ou pequeno tamanho do olho.

Campimetria Visual Computadorizada  Este exame avalia o campo de visão dos olhos. É utilizado para diagnóstico e acompanhamento de glaucoma, doenças neurológicas, entre outras.

Curva Tensional Diária  Este exame envolve a realização de quatro medições ao longo do dia para detectar picos e variações da pressão intraocular.  É útil em casos de suspeita de glaucoma e avaliação da efetividade da terapêutica do glaucoma já diagnosticado.

Fotocoagulação a Laser – Laser Argônio  Procedimento que envolve a aplicação de luz intensa (laser) para cauterizar estruturas, como tumores ou vasos sanguíneos anormais.

Gonioscopia  Exame que avalia o local de onde é drenado o líquido responsável pela pressão ocular, permitindo caracterizá-lo como estreito, médio ou aberto. É de grande importância em casos de pacientes com glaucoma e diabetes.

Mapeamento da Retina  Exame do vítreo e da retina, parte central e periférica, seu relevo, eventuais lesões e suas arcadas vasculares. Permite diagnosticar ou avaliar a evolução de doenças sistêmicas, como diabetes e hipertensão arterial. 

Microscópio especular de córnea – Analisa e mede a quantidade e morfologia das células endoteliais da córnea, que, ao nascimento, são em torno de 3.000 células por mm² e não se regeneram. Cirurgias intraoculares, traumas, uso de lentes de contato e inflamações oculares podem acentuar a perda dessas células, fato que normalmente ocorre ao longo da vida de todos nós. A baixa quantidade dessas células pode levar a graves consequências, como, por exemplo, a necessidade de um transplante corneano.

Tomografia de Coerência Óptica – OCT – Exame não invasivo, indolor e de alta tecnologia que permite diagnosticar com alta precisão e precocemente doenças de retina e nervo óptico, através de medidas precisas das camadas que compõem a retina. O exame também permite identificar alterações não visíveis em exames de análise direta do fundo de olho (mapeamento de retina ou retinografia). Doenças degenerativas da mácula em fase muito inicial, por exemplo, podem ser detectadas com essa tecnologia de ponta.

Paquimetria Corneana – Exame que mede a espessura da córnea. A espessura muito fina ou espessa pode indicar a presença de doenças corneanas.

Paquimetria Ultrassônica  Exame que mede a espessura da córnea. Útil no diagnóstico e acompanhamento de doenças e alterações da córnea, evidencia edemas ou áreas de espessuras muito finas.

Retinografia  Fotografia do nervo óptico e fundo do olho. Tem por finalidade a documentação para identificar e acompanhar lesões na retina e no nervo óptico.

Teste de Sobrecarga Hídrica – Teste provocativo para glaucoma  Indicado para diagnóstico e acompanhamento de alguns casos de glaucoma. Tem a finalidade de verificar como o olho se recupera de uma elevação transitória da pressão intraocular. O pico de pressão ocular obtido durante a realização do teste se correlaciona com o pico de pressão que ocorre durante as 24 horas do dia.

Topografia Corneana – Ceratoscopia Computadorizada  Este exame determina a curvatura corneana, além de analisar o relevo corneano, mapear a superfície da córnea e suas irregularidades, desde o centro até a periferia. É útil para usuários de lentes e pré-operatório de cirurgias oculares, sendo importante para o diagnóstico de diversas patologias, entre elas o ceratocone.

YAG Laser  Tem a função de causar a disrupção ou corte em uma estrutura. Esse laser tem indicação na opacificação da cápsula posterior, no glaucoma de ângulo fechado, entre outros.

Exames

× WhatsApp